Domingo, 31 de Maio de 2009

Porcos ou Berrões

De acordo com o Abade de Baçal, há na província de Trás-os-Montes umas esculturas zoomorfas em pedra, granítica geralmente, representado quadrúpede, conhecidos pelo nome de Porcos ou Porcas, segundo indica a marcação sexual, nitidamente definida em muitos exemplares, se bem que noutros é incognoscível.
Torre de Dona Chama: Na vila deste nome, concelho de Mirandela, sitio chamado Largo do Pelourinho, há em granito uma escultura representando um suíno, a que o povo, dá o nome de Berroa e Ursa.. Tem de comprimento 1,60m de altura 0,92 e de largura 0,36.
 

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Canastro

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Igreja dos Mouros

Erguida no local denominado São Fagundo, em honra ao Santo que lhe deu o nome, a Igreja dos Mouros tem um arco românico e outro gótico. Estes arcos indicam-nos a existência de um templo romano que posteriormente foi ampliado ou reconstruido no período medieval. Actualmente, o santo desta igreja -S. Fagundo- encontra-se na aldeia de Algoso.

 

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Raça Mirandesa

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:10

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Granja

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 24 de Maio de 2009

Ponte do Arquinho

 

A Ponte Romana do Arquinho, também conhecida por Pontão de Possacos localiza-se na freguesia de Possacos, no bonito concelho de Valpaços, situada num encantador vale do rio Calvo.

Esta histórica construção data provavelmente do século I d.C., na altura de ocupação Romana do território, e integraria a Via XVII do Império Romano, que ligaria "Bracara Augusta" (Braga) a "Asturica Augusta" (Astorga, Espanha).

A Ponte caracteriza-se pelo seu tabuleiro plano com 7,5 metros de largura, assente no seu único arco de volta perfeita.

 

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Granja do Tedo

Ponte do rio Tedo
Ponte seiscentista com arco de volta perfeita, construída sobre uma inicial pré-romana.

 

«Granja do Tedo é a mais singular povoação de Tabuaço pela soma de lendas e de traços históricos que guarda. É banhada pelo Rio Tedo que se chama assim depois de reunidas, a montante, as águas do Rio Tedinho e as águas da Ribeira de Leomil, caudalosa apenas no Inverno. O Tedo rega os campos que rodeiam a povoação e, antigamente, movia moinhos e pisões. Uma velha ponte de teor românico, do séc. XVII talvez, une os dois povos que formam esta localidade: o Povo de Baixo, mais antigo, e o Povo de Cima.

A fundação da povoação de Granja do Tedo encontra-se envolta em lendas que se entrelaçam com factos históricos, sendo difícil destrinçar a realidade. Com efeito, segundo o Pe. Carvalho da Costa, a sua fundação é atribuída a “Dom Tedon, filho de D. Ermigio Albumazar Ramires, que era filho illegitimo de D. Ramiro o Segundo Rey de Leaõ, depois de haver alcãçado grandes vitorias dos Mouros, & lhe poz o feu nome pelos annos de 1030”.

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 17:31

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Bodegas

São túneis encravados no solo, constituído por rocha mole, que foram sendo escavados e consecutivamente alargados pelos próprios donos, adquirindo uma forma alongada.

As dimensões médias destes espaços são de 2/4 metros de área e terão pouco mais de 2 metros de altura, com o tecto em abóbada.
A sua construção remonta sensivelmente aos anos 30 e 40 do século passado, com a finalidade de armazenarem o vinho durante o período de verão, dado não existirem frigoríficos e as temperaturas nesta época do ano serem muito elevadas. Parafraseando o escritor transmontano, por aqui são “nove meses de inverno e três de inferno”.
Pelas suas características, estes locais dispõem de um sistema de climatização e arejamento natural que leva a que o vinho se mantenha sempre a uma temperatura relativamente baixa.
O interior conta com espaço para 2 pipas, uma de cada lado, com capacidade para 100 a 150 litros cada tendo algumas, um arco a meio a separar dois espaços contíguos. Aí, repousa e refresca no período de veraneio o afamado néctar do deus Baco.

 

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Maio de 2009

Dómus

Trata-se de um edifício único na Península Ibérica dentro da arquitectura civil românica, englobando uma dupla funcionalidade: cisterna e sala de reuniões do conselho municipal. À boa maneira românica, tem as paredes graníticas, definindo um planta hexagonal, exteriormente composta de cinco faces de dimensões diferentes: a mais extensa com 14 metros, a mais pequena com pouco mais de três; as intermédias mede uma onze metros e setenta, outra oito e outra seis e setenta. Na face de maior extensão abrem-se duas portas de vão rectangular. A iluminação é efectuada por uma série contínua de janelas de arco abatido, ao longo de todas as faces da construção. Todas as janelas têm moldura lisa, excepto as sete colocadas a este, que possuem, interiormente, uma arquivolta com ornatos estreliformes.
A cornija exterior assenta em 64 cachorros historiados. Ao longo da cornija corre uma caleira, destinada a recolher a água da chuva, conduzida depois por algerozes até à cisterna. Esta, construída igualmente em cantaria, tinha planta rectangular, cobertura em abóbada de berço de três tramos marcados por arcos torais abatidos, e um piso inclinado; ocupava todo o rés-do-chão do edifício. Sobre o extradorso da abóbada da cisterna assenta o pavimento do piso superior, no qual se abrem três bocas, quadrangulares, de ligação à cisterna, uma em cada tramo desta, sendo fechadas por grades de ferro. Este primeiro piso é ocupado por um salão único, amplo, com pavimento lajeado, com uma bancada corrida ao longo de todas as paredes, em pedra, para assento dos membros do conselho municipal. A cornija interior assenta sobre 53 cachorros, alguns dos quais historiados.

 

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Maio de 2009

Pombal

 

(Lagoaça - Freixo de Espada à Cinta)

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:12

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ermida Nª Sra do Carmo

. Farol do cabo de São Vice...

. Menir de Outeiro

. Sobreiro

. Castelo de Belver

. Sé da Guarda

. Castelo de Barbacena

. Moinho

. Pelourinho de Barbacena

. Depois da Festa das Flore...

. Vida no Campo

. Fruta Laminada

. Miradouro de São Leonardo...

. True colors

. Carabelho ou Pica-porta

. Capela - Ferreira do Alen...

. Canastro ou espigueiro

. Janela Portuguesa

. Barco

. Castelo de Óbidos

.arquivos

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Criar site

.Live Traffic (since 6-2-16)

Flag Counter
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector