Sábado, 31 de Julho de 2010

Estação da CP de Vilarinho das Paranheiras (ou o que ainda resta)

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

......................................

“Aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros.

 Apreciem cada momento.

 Agradeçam e não deixem nada por dizer.

 Nada por fazer.”

publicado por Trasmontesdepaisagens às 21:39

link do post | comentar | favorito
|

Porta de Trás-os-Montes (com bancos típicos)

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

Calçada Romana de Murça (I)

Esta estrada romana compõe-se de 3 troços. Um deles desce da vila de Murça em direcção ao rio Tinhela, que actualmente transpõe uma ponte já reconstruída no séc. XVI. A partir daí ramifica-se; enquanto um troço sobe até à aldeia de Cadaval, o outro intersecta a actual EN 15, contornando o Castro do Cadaval. Junto deste castro existe um pequeno troço que ligaria, por certo, a este último ramal.

Este troço viário, classificado como Imóvel de Interesse Público em 1983, integra-se numa complexa rede viária regional conectada à importante via XVII que ligava Bracara Augusta (Braga) a Asturica Augusta (Astorga).

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Janelas de Trás-os-Montes

tags:
publicado por Trasmontesdepaisagens às 07:55

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Julho de 2010

Ponte Velha Filipina

Ponte Romana, que faz parte da via Romana que ligava Astorga à foz do rio Douro, atravessando o rio Tinhela e que depois da ponte que aí construíram, se divide a caminho de Braga ou a caminho do vale duriense.

A ponte, a que as populações se habituaram a chamar "Ponte Velha", depois de ficar em ruínas, haveria de ser reconstruída no reinado de Filipe II de Castela e I de Portugal, 1600 anos depois.

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:30

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Julho de 2010

Ponte Românica sobre o rio Azibo

publicado por Trasmontesdepaisagens às 06:45

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 25 de Julho de 2010

Bovinos Raça Mirandesa

 

Diz-se na região que a vaca Mirandesa para ser boa criadeira deve ter:

rabo delgado,

pelo rato,

corpo de cabra,

focinho de sapo.

 

E o touro:

3 pequenos: cabeça, testa a agulha,

3 grandes: meleneira, pelindrengues (tufos de pelos compridos na orelha) e estriga do rabo,

3 curtos: focinho, pescoço e perna,

3 largos: tromba, nuca e nalgas,

3 direitos: espinhaço, cana do nariz e perna,

bem como

olhos de sapo,

focinho à perdigueira,

pés de banco e

cú de padeira,

cornos delgados,

cor castanha escura,

garupa redonda e

martelada entre a olhadura.

 

O lavrador deve ter:

muito mú,

muito mé,

pouco cóxe e

menos óxe,

ou seja muito gado bovino e ovino e poucos suínos e galináceos.

In cardenos Histórias Mirandeses II, 1973

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:50

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Julho de 2010

A Porca de Murça

A Praça central de Murça, onde se impõe o símbolo iconográfico da terra, a Porca de Murça.

A lenda da “Porca de Murça”

 
“Segundo a lenda, era no século VIII esta povoação e seu termo assolados por grande quantidade de ursos e javalis. Os senhores da Vila, secundados pelo povo, fizeram tantas montarias, que extinguiram tão danina fera ou a escorraçaram para muito longe. Entre esta multidão de quadrúpedes, havia uma porca (ursa) que se tinha tornado o terror dos povos, pela sua monstruosa corpulência, pela sua ferocidade, e por ser tão matreira, que nunca poderia ter sido morta por caçadores.
Em 775, o Senhor de Murça, cavaleiro de grandes forças e de não menor coragem, decidiu matar a porca, e tais manhas empregou que conseguiu, libertando a terra de tão incómodo hóspede.
Em memória desta façanha, se construiu tal monumento alcunhado a “Porca de Murça”, e os habitantes da terra se comprometeram, por si e seus sucessores, a darem ao senhor, em reconhecimento de tal benefício, para ele e seus herdeiros, até ao fim do mundo, três arráteis de cera anualmente, por cada fogo, sendo pago este fôro mesmo junto à porca.”

 

Leal Pinho, 1875

tags: ,
publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:20

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

Espigueiro

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:10

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ermida Nª Sra do Carmo

. Farol do cabo de São Vice...

. Menir de Outeiro

. Sobreiro

. Castelo de Belver

. Sé da Guarda

. Castelo de Barbacena

. Moinho

. Pelourinho de Barbacena

. Depois da Festa das Flore...

. Vida no Campo

. Fruta Laminada

. Miradouro de São Leonardo...

. True colors

. Carabelho ou Pica-porta

. Capela - Ferreira do Alen...

. Canastro ou espigueiro

. Janela Portuguesa

. Barco

. Castelo de Óbidos

.arquivos

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Criar site

.Live Traffic (since 6-2-16)

Flag Counter
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector