Quarta-feira, 25 de Abril de 2012

Ponte Cabresto

A ponte sobre o Poio (ou Cabresto) localiza-se na freguesia de Atei e é o único monumento nacional concelhio. È vulgarmente conhecida como a ponte dos Cabrestos.
O Poio desagua no Tâmega nas proximidades da referida ponte.

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:53

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

Igreja de Paradança

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:01

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Junho de 2011

Fisgas do Ermelo

publicado por Trasmontesdepaisagens às 14:17

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Uma das cascatas da Fisgas do Ermelo

publicado por Trasmontesdepaisagens às 07:00

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Fevereiro de 2011

Azulejos

publicado por Trasmontesdepaisagens às 07:49

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 31 de Outubro de 2010

Rio Cabril

O rio Cabril nasce no concelho de Mondim de Basto, no Planalto das Gevancas sítio arqueológico, onde foram encontrados vestígios da cultura pré-histórica e vai desaguar no Tâmega no lugar da Lapinha. Rio truteiro e de águas cristalinas, faz mover moinhos, irriga campos de cultivo e fertiliza a bacia de Vilar de Viando, antes de chegar à sua foz.
Os sítios mais aconselháveis para banhistas e visitantes localizam-se no lugar da Chavelha, ou nas imediações da ponte medieval.

Comprimento 14,2 km
Altitude da nascente  
Foz Rio Tâmega (Mondim de Basto)
Área da bacia 62,4 km²
Afluentes
principais
Ribeiro da Ribeira Velha, Rio Cabrão

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:31

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Abril de 2010

Azulejos da estação da CP de Mondim de Basto

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:37

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 11 de Abril de 2009

Azulejos (Estação CP)

 

 

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:02

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Março de 2009

Fisgas de Ermelo

Trata-se de uma das maiores quedas de água de Portugal. Uma barreira de quartzitos forma um enorme socalco, separando a zona granítica da xistosa, mais vulnerável à erosão. Por isso, o trabalho milenar da água cavou um desnível de quase 200 m, através do qual o rio Olo se despenha numa cascata deslumbrante. No topo das quedas, a montante, situam-se belas lagoas, muito procuradas de Verão.

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 09:30

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Ponte Cabresto

. Igreja de Paradança

. Fisgas do Ermelo

. Uma das cascatas da Fisga...

. Azulejos

. Rio Cabril

. Azulejos da estação da CP...

. Azulejos (Estação CP)

. Fisgas de Ermelo

.arquivos

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Criar site

.Live Traffic (since 6-2-16)

Flag Counter
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector