Domingo, 1 de Maio de 2011

Maias (Tradição)

A celebração das Maias é a fecundidade da terra que surge em força, aroma e cor, após um longo inverno, saindo de uma letargia profunda, para uma ressurreição festiva.

São as Maias que recebem o nome do mês que as caracteriza e como que diviniza, atribuindo-lhe poderes e significados e efeitos próprios dos deuses.

No Barroso, é no primeiro de Maio que se enfeita o chibo maior da vezeira, com verdes e flores, para intregar a vezeira das cabras e ovelhas para começarem a roda, a vez.

Em Pitões e Tourém, é dia 1 Maio que os pastores tocam as vacas e os cavalos à serra para ali pernoitarem livres e permenecerem até ao fim do Outono.

Em Vilar de Perdizes, dia 1 Maio, comem-se em jejum três castanhas para não doer a cabeça todo o ano. Dia 3 enfeitam-se as cruzes que há pelos campos com ramos e flores.

Em cambezes do Rio, dia 3 maio limpam-se as cruzes gravadas nos penedos a marcar os limites de cada uma.

Na zona de Mirandela, colocam-se giestas amarelas nas paredes, portas e buracos da fechadura para afastar os carrapatos e outros males naturais e humanos, e para que haja um bom ano agrícola e sem doenças.

 

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 10:24

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

A tradição ainda é o que era!

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:14

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

Foice e dedeiras

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:26

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Outubro de 2010

Enfeitar os sinos, em Brunhoso

Foto:Aníbal Gonçalves

 

É feita na noite de sábado para domingo de Páscoa e consiste em enfeitar os sinos (e a igreja) com flores recolhidas no campo: nabiças, ferranha, mimosa, pilriteiro, giestas, etc. Os rapazes, depois de procederem clandestinamente a esta decoração, tocavam o sino durante toda a noite e todo o domingo.
 

http://descobrirmogadouro.blogspot.com/

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:17

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Junho de 2010

Lavoura a 3 no batatal (video)

publicado por Trasmontesdepaisagens às 07:50

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

Sedeiro

Operação de assedar. Separar as fibras, a estopa, passando as estrigas levemente pelo sedeiro, tornando o linho leve e macio como seda. Numa segunda passagem pelo sedeiro, o linho larga a estopinha, ficando ainda mais fino. Os sedeiros são peças de madeira com duas ordens dentes uns mais finos outros mais grossos.
Linheiras fazendo as estrigas, O linho espadelado, é dobrado ao meio, torcido e enrolado em trança, formando as estrigas, que irão revestir a roca.

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:05

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

Porta de Maio

No norte de Portugal, é tradição exibir um ramo de giesta no dia 1º de Maio, alegadamente como protecção contra o carrapato (identificado com o demónio ou com o mau-olhado). Por essa razão a planta é também conhecida como maia

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:10

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 13 de Março de 2010

Alicate de ferrar

Alicate próprio para ferrar os suínos, aplicar o ferrão/arganel.

 

Pequeno grampo em metal aplicado no focinho dos porcos para evitar que estes fossem no estrume do covil.

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:34

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Março de 2010

Tesoura de tosquia de ovelhas

publicado por Trasmontesdepaisagens às 08:15

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2010

Carranca

Coleira com espigões de metal que se coloca em torno dos cães de guarda dos rebanhos, para melhor se defenderem dos lobos.

 

publicado por Trasmontesdepaisagens às 00:01

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Maias (Tradição)

. A tradição ainda é o que ...

. Foice e dedeiras

. Enfeitar os sinos, em Bru...

. Lavoura a 3 no batatal (v...

. Sedeiro

. Porta de Maio

. Alicate de ferrar

. Tesoura de tosquia de ove...

. Carranca

. Gaitinha de Capador

. Máscaras de Trás-os-Monte...

. Recordar o chiar do carro...

. Sineta & Cruzeiro (Urrós ...

.arquivos

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Junho 2014

. Maio 2014

. Setembro 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

Criar site

.Live Traffic (since 6-2-16)

Flag Counter
Protected by Copyscape Online Plagiarism Detector